sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

TOP 05: livros cristãos que Valem a Pena


Quando se pensa em literatura cristã é quase automático que venha a imagem da Bíblia em mente, afinal, o livro mais vendido do mundo é a referência de qualquer coisa relacionada ao universo cristão. Pelo menos era para ser, mas o que se define como cristão (gospel) é muito amplo, indo desde livros e revistas até sexy shops e motéis.  Por isso, trazemos hoje a lista de cinco livros cristãos que valem realmente uns minutos de leitura, porque entre os milhares de títulos publicados entre as editoras dedicadas ao tema, a maioria são de autoajuda (o gênero autoajuda é uma espada de dois gumes que não tem a minha simpatia) com 1001 passos para ser próspero, 200 maneiras de ter uma vida conjugal feliz, 50 tons de sucesso, etc. Agora lanço uma indagação: se a Bíblia é a única fonte confiável e inerrante, por que tantos livros de autoajuda para Cristãos? Bem a ideia não é discorrer sobre isto agora, mas sim, apresentar os cinco livros que realmente valem a pena ser lidos.



5. A Cidade de Deus

O teólogo e filósofo Agostinho de Hipona (354-430 D.C), conhecido popularmente como Santo Agostinho escreveu a importante obra apologética A Cidade de Deus, em defesa dos constantes ataques (verbais) de pagãos que acusavam o cristianismo de ser o culpado pela queda de Roma. Traçando um paralelo entre a cidade de Deus e dos homens, ele cria um argumento platônico cheio de discussões e citações neoplatônicas em uma leitura clássica e bem centrada que nos conduz através do melhor do pensamento filosófico medieval. Os três volumes da obra custam em média: R$114,00





4. O Peregrino

Escrito por John Bunyan, em 1678, quando estava encarcerado por apregoar o Reino de Deus, o Peregrino figurou muito tempo na lista de segundo lugar dos livros mais vendidos no mundo. O livro é uma alegoria da vida cristã em que a personagem principal chamada de Cristão após ler um certo livro, é impulsionado por Evangelista a sair da cidade da destruição em busca da cidade celestial. Na jornada de Cristão que se torna um peregrino é marcada por diversos encontros com personagens que recebem o nome de estereótipos (Fiel, Gigante Desespero, Esperançoso, Hipocrisia, etc.) numa aventura fantástica e surpreendente. Uma curiosidade sobre este livro – segundo alguns sites da internet - é que o governo Chinês (comunista) chegou a produzir 200 mil cópias que foram distribuídas em três dias. O Peregrino já foi adaptado para as mais diversas mídias, existem filmes, animações, HQs e a versão impressa custa em média R$ 25,00.



3. A História do Hebreus 

Alguma vez você já se perguntou se há veracidade nos relatos bíblicos, se existe alguma fonte que comprove as escrituras? Sim, existe. O livro do historiador Flavio Josefo, historiador judeu que viveu no século I é responsável por ter escrito a História dos Hebreus. O livro é uma fonte histórica de muitos dos acontecimentos bíblicos e por josefo ser contemporâneo dos apóstolos, é possível ter uma maior compreensão do contexto das escrituras. Com mais de setecentas páginas o livro reúne as obras Guerras dos Judeus: que uma história detalhada da trajetória semita desde Gênesis até a revolta contra Roma e vale destacar o trecho em que trata-se da destruição do templo ano 70 A.D. Além disso outro trecho polêmico é o “Testimonium Flavianum (testemunho de Flávio)” em que o autor menciona Jesus como o Cristo - este relato é motivo de muitas divergências entre os acadêmicos.  O livro vale pelo aprofundamento histórico e por diversas referências extra bíblicas sobre personagens e eventos do livro sagrado. Editado pela CPAD – hoje em volume único - o livro pode ser encontrado em média por R$ 180,00.


2. O Jesus Que eu Nunca Conheci

Quando pensamos em Jesus logo vem à mente o cristo renascentista dos artistas plásticos italianos ou a imagem de Jim Caviezel, ator do filme Paixão de Cristo de Mel Gibson. Mas você realmente conhece o judeu marginalizado de uma província romana na palestina, que morreu numa cruz por causa de seu carisma e ensinamentos empáticos e os altos padrões morais e éticos expressos numa admirável conduta social – que ainda por cima tinha o poder de curar enfermidades e dar vida aos mortos? O jornalista Philip Yancey deixou todos os estereótipos e conhecimentos de senso comum sobre Jesus e resolveu fazer uma investigação profunda e criteriosa sobre o caso, o resultado? É o livro O Jesus Que Eu Nunca Conheci, após a leitura dos manuscritos de Yancey terá uma outra visão sobre o carpinteiro Galileu. O livro da Editora Vida custa em média: R$ 33,00



1 A Sedução do Cristianismo

As igrejas têm aliciado e ludibriado muitos fieis com promessas, mandigas, manipulação, controle mental, alienação e extorsão. Fora que o que nos é apresentado hoje difere e muito do que está registrado na Bíblia. Se você pensa desta maneira, então está em concordância com pensamento expresso em A Sedução do Cristianismo de Dave Hunt e T. A. McMahon. O livro faz um alerta sobre quais os perigos da crescente aceitação e prática de: pensamento positivo e da possibilidade; cura de memórias, filosofias de autoajuda, medicina holística, meditação/visualização, revelações divinas e curas e ensinos psicológicos. Uma denúncia às igrejas que têm traído seus ideais e caminhado por veredas liberais, em total apostasia ao credo por eles adotado. Livro indicado a quem deseja compreender como cristianismo tem seduzido malignamente milhões de “cristãos”. O livro custa em média R$ 25,00, é editado e distribuído pelo selo Chamada da Meia Noite.

Estes foram os cinco livros cristãos que valem a pena ser lidos, gostou? Se não foi de seu agrado não tem problema, agradecemos a leitura e o tempo dedicado ao nosso blog e não perca, em breve: os livros ateus que valem a pena!

Nenhum comentário:

Postar um comentário